Ministro do STF, Barroso defende fim de prisão para ‘crimes leves’ como furtos simples e drogas

barroso

Em seminário online nesta sexta (26),  o ministro do STF, Luís Roberto Barroso disse ser favorável ao desencarceramento amplo em casos do que considera ‘crimes leves’, registra Fausto Macedo no Estadão.

“Há crimes em que o encarceramento é inevitável, como homicídio, roubo qualificado, estupro. E há uma grande quantidade de encarceramento, desde furto simples a drogas em geral, que é desnecessário. Isso se enfrenta com o juiz de custódia”, declarou o ministro do STF e presidente do TSE.

Relacionados:  Marco Aurélio pelo arquivamento do 'inquérito das fake news': “Se o órgão que acusa é o mesmo que julga não há garantia de imparcialidade”

Barroso afirmou ainda que uma reestruturação no sistema prisional caberia ao Poder Executivo. “O Judiciário não tem capacidade institucional de fornecer a solução para estes problemas, mas o Executivo tem.”

Fonte: O Antagonista