Jurista da USP afirma que Lula pode ser preso mesmo que algum desembargador diminua sua pena no julgamento

Lula pode ser preso mesmo que um desembargador do TRF-4 diminua sua pena.

O professor Gustavo Badaró, da USP, disse para o UOL:

“Como Lula responde por mais de um crime, pode acontecer de ele ser condenado por unanimidade em um e por maioria de votos em outro (…).

Na minha visão, isso não impediria o início da execução da pena pelo crime no qual houve unanimidade.”

Caso os desembargadores concordem sobre a culpa de Lula, mas divirjam sobre o tempo de cadeia, os embargos infringentes referem-se apenas a esse último ponto:

“A questão é se a pena vai ser X ou Y. É diferente se um desembargador diz que ele é

Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Jurista da USP afirma que Lula pode ser preso mesmo que algum desembargador diminua sua pena no julgamento

  1. Só nesse país de merda um bosta vagabundo e sua gang ameaça juízes desemdargadores promotores e tribunais e não acontece nada.
    Eu Odeio o lixo do brasil.

Deixe uma resposta

error:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.