Lula nega R$ 256 milhões em contas de Dona Marisa: “Erro de digitação”

Lula

O juiz Carlos Henrique André Lisboa, da 1ª Vara da Família e das Sucessões, responsável pelo inventário da ex-primeira-dama Marisa Letícia, pediu esclarecimentos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre aplicações da esposa, morta em 2017. Segundo ele, foi feito um investimento total de R$ 256,6 milhões.

O magistrado quer explicações sobre unidades de Certificado de Depósito Bancário (CBD) emitidos pelo Banco Bradesco com vencimento para 18 de maio deste ano. Cada CDB vale R$ 100, de acordo com o documento. Com isso, o investimento poderia totalizar R$ 256,6 milhões.

A notícia, segundo a assessoria, é produto de um erro de digitação cometido pela defesa do ex-presidente em um dos processos judiciais movidos contra ele, erro esse que foi imediatamente corrigido. “O valor é cem vezes menos. Foi corrigido, mas não param de usar isso. Todas as contas do Lula e dos seus parentes foram analisadas pela Lava Jato. Não tem esse dinheiro”, informou o site Congresso em Foco.

Relacionados:  Bonat, o substituto de Moro, acelera processo de sítio de Atibaia e dá ultimato à defesa de Lula

Pelo twitter, Lula também contestou que Marisa tenha deixado estes valores em conta:

Lula