Ministro do Supremo diz que é “capaz de jogar pedra” no STF caso prisão em segunda instância seja derrubada

Conforme informa O Globo, um ministro inconformado com o resultado do julgamento que fixou como competência da Justiça Eleitoral as investigações de crimes relacionados ao caixa 2 afirmou que é capaz dele mesmo ir “jogar pedra” no STF caso a prisão em segunda instância seja derrubada.

“Se depois disso a gente ainda derrubar a prisão em segunda instância, vão depredar o prédio do Supremo. E eu sou capaz de sair para jogar pedra também” teria sido a fala integral do ministro não identificado na matéria.

No entanto, o ministro Dias Toffoli, que preside o tribunal rebateu afirmando que “não se constrói democracia atirando-se pedras”, mas também negando que algum outro ministro tenha dito a fala citada acima.

Informações dO Globo.