Sergio Moro celebrou a liminar de Cármen Lúcia que suspendeu o Indulto de Natal: “O governo pode muito, mas não pode tudo”

Sérgio Moro classificou como “acertada” a decisão de Cármen Lúcia que suspendeu parcialmente o decreto de indulto natalino de Michel Temer.

“O governo pode muito, mas não pode tudo”, disse o juiz federal a O Globo.

Relacionados:  Prestes a ser preso, Dirceu admite: "Fomos derrotados nas ruas e nas urnas"

Em entrevista ontem, Moro já dissera que o indulto do governo a réus condenados era “generoso” e transmitia uma péssima imagem para a sociedade.