MPF denuncia e pede afastamento do presidente da OAB por ter chamado Moro de “chefe de quadrilha”

O Ministério Público Federal por meio das suas atribuições denunciou o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, por calúnia, devido a uma declaração sobre o Ministro Sergio Moro.

Ao comentar sobre a postura de Sergio Moro em relação à Operação Spoofing, Santa Cruz afirmou que o ministro “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe da quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”.

O MPF inclusive pede o afastamento de Santa Cruz de suas funções no Conselho Federal da OAB, como medida cautelar.

Leia na íntegra na Revista Crusoé