Apreensões de cocaína em portos brasileiros crescem 50% em 2019

Os números do governo Bolsonaro sob a Gestão de Sergio Moro na Segurança Pública tem impressionado.

As apreensões de cocaína em portos brasileiros aumentaram 50% entre janeiro e outubro de 2019, de acordo com a Receita Federal. Foram 47,1 toneladas apreendidas nos dez meses. O total apreendido em todo o ano de 2018 foi de 31,5 toneladas, assinala o Portal G1.

A maior parte da droga foi encontrada nos portos de Santos (18,9 t), Paranaguá (13,5 t), Natal (4,4 t) e Itajaí (3,7 t). Segundo a Receita, os principais destinos da droga eram portos da Holanda, França e Bélgica.

As investigações apontam que uma das principais formas de agir dos traficantes,  trabalhadores subornados pelos traficantes rompem os lacres e escondem a cocaína nos contêineres – sem o conhecimento das empresas exportadoras.

para despistar as autoridades, os traficantes utilizam de diversos subterfúgios. cocaína é colocada em diferentes tipos de cargas, como de café e produtos químicos.