Ex-procurador da Lava-Jato: “O abuso sistemático de Toffoli está destruindo a instituição do STF”

O ex-procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, ex-integrante de destaque da força-tarefa da Lava Jato, disparou contra o presidente do STF, Dias Toffoli, que, após exigir acesso a dados sigilosos de 600 mil pessoas, intimou a Unidade de Inteligência Financeira (antigo Coaf) a fornecer mais informações até esta segunda-feira (18).

Para Carlos, Dias Toffoli comete abuso e está destruindo a respeitabilidade do STF:

“O abuso sistemático de Dias Toffoli está destruindo a instituição do STF. Exerce a presidência do STF como um déspota arbitrário, coadjuvado por Gilmar Mendes, que deve sofrer da síndrome de Tourette, tamanhos são os incontrolados insultos que profere nas sessões. Está na hora dos demais ministros colocarem um freio nesse arbítrio, nesse abuso, nesses repetidos desvios de poder, sob pena da degradação da instituição ser definitiva. O decano deveria, em vez de defender esses ministros, pensar na instituição e tomar a frente desse processo”, escreveu nas redes sociais.