Maria do Rosário posta ‘mensagens adulteradas’ para atacar Moro

Conforme noticiado pelo República de Curitiba, o Intercept publicou uma nova leva de mensagens, com o intuito de atacar a Lava Jato. Acontece que essas mensagens estavam cobertas de “erros de edição”, como justificou o próprio Greenwald, com nomes trocados, datas adulteras e novamente pouquíssimo conteúdo.

Isso tudo não impediu Maria do Rosário de postar as mensagens com o intuito de atacar Moro e defender o bandido preferido dos petistas.

Relacionados:  Justiça nega pedido da OAB para atuar como assistente em caso envolvendo hackers

“Moro está descobrindo da forma mais dura como suas imposições ao MP eram reprovadas por pessoas com sendo ético, q sabiam exatamente a manipulação judiciária q ele fazia, mas estavam amarradas ao sistema q ele comandava. Acabaram por comprometer-se com o erro”