Jatinho usado por Lula pode ter sido propina da Odebrecht

A Odebrecht colocou à disposição do ex-presidente Lula um jato executivo capaz de levá-lo a qualquer lugar do mundo, ora a serviço da empreiteira, ora para uso pessoal. Ele agia como se o jato fosse de sua propriedade. Integrantes da força-tarefa da Lava Jato suspeitam que o luxuoso Gulfstream G200 pode ter sido adquirido para o petista tão logo ele deixou a presidência da República, no final de 2010. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Uma das linhas de investigação é sobre a suposta compra do jatinho no âmbito da “conta-corrente” de Lula delatada pela própria Odebrecht.

Siga-nos no Facebook

1 Comentário em Jatinho usado por Lula pode ter sido propina da Odebrecht

  1. Longe de mim defendê-lo (ou qualquer outro desses celerados, sejam do partido que forem), mas essa matéria está mal feita, meio naquela do “ouvi falar”. O Gulfstream G200 em questão (matrícula no RAB: “PR-WTR”) era da Global Aviation, que agora chama-se ICON Táxi Aéreo Ltda. (juntou a CB Air do Dr. Michael Klein com a Global, que ele comprou do Grupo Áurea / Pássaro Azul, os donos da GOL). Consta no site oficial (https://sistemas.anac.gov.br/aeronaves/cons_rab.asp ; no campo “CHAVE”, é de domínio público…digitar a matrícula “PRWTR” assim mesmo, sem o hífen e clicar em OK):

    Proprietário: ICON TAXI AEREO LTDA
    Operador: PASSARO AZUL TAXI AEREO LTDA
    Situação no RAB: CESSAO ONEROSA DE USO

    Que me conste, esse avião jamais foi da Odebrecht. Ele é provavelmente fretado por alguém (não é difícil imaginar) e posto à disposição. Acho que se enganaram de Gulfstream, então. E G200 não é para “viajar pelo Mundo”, o alcance dele é restrito. A menos que se vá pingando por tudo quanto é biboca, é claro…como sempre, “jornalistas” saem chutando sobre certos assuntos sem pesquisar nem o mínimo. Se não sabem, é só perguntar. “Quem tem boca vai a Roma”.

Deixe uma resposta