General presidente dos Correios: “Privatização deverá ser estudada mais à frente”

O General Floriano Peixoto, novo presidente dos Correios, explicou que está focado em fortalecer a empresa, recuperando a situação financeira, mas que em breve as autoridades competentes, como Paulo Guedes, o próprio Jair Bolsonaro e até mesmo o Congresso deverão estudar a privatização da empresa.

“O que o presidente pede é que haja um contínuo esforço no sentido de fortalecer a empresa. Esta questão de privatização é algo de maior complexidade, que deverá ser estudada à frente, em melhores condições pelo presidente e até pelo Parlamento brasileiro e eu não ouso dizer nada disso. Estamos lá para dar continuidade ao fortalecimento da empresa, sua recuperação financeira, estabelecer referenciais de eficiência para resgatar a credibilidade que os Correios sempre tiveram”.

Relacionados:  Programa de privatizações de Paulo Guedes deve render ao Brasil R$ 450 bilhões

Com informação dO Antagonista.