Governo Bolsonaro vai intensificar privatizações e resolver economia

O governo está destinado a resolver a questão das estatais financeiras. O secretário especial de Desestatização e Desenvolvimento do Ministério da Economia, Salim Mattar, afirmou que a situação será resolvida, e que o governo Bolsonaro não tem interesse em disputar com bancos.

“Vai haver muita discussão no governo na hora certa. Mas este governo não deseja competir com bancos. O governo não tem que emprestar dinheiro.”

Salim ainda destacou que neste ano já foi arrecadado um total de R$ 12,1 bilhões com a venda de ativos, concessões e que a meta para o ano é R$ 20 bilhões.

Ele ainda destacou que Pedro Guimarães, presidente da Caixa, e Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, são seus “dois maiores aliados” na agenda de desestatizações.

“Vamos reduzir substancialmente o número de empresas subsidiárias da Petrobras”.

Com informação do Renova Mídia.

5 Comentários em Governo Bolsonaro vai intensificar privatizações e resolver economia

  1. EMPRESADO GOVERNO NÃO FUNCIONA, NÃO EXISTE DAR BUDGET, POIS OS
    CORRUPTOS ESTÃO ENRAIZADOS NAS ENTRANHAS DO SISTEMA, O GOVERNO
    PAGA DEMAIS E PAGA MAL PARA MAUS ADMINISTRADORES, NÃO EXISTE UMA
    SÓ EMPRESA PUBLICA QUE DE LUCRO.

    • porquê administra pessoas politica e ladrão e sem competência – dando budget logo depois da para ver se tem competência sim o não !! Vender E FICAR SEM NADA NÃO É O FUTURO NUNCA !! DEPOIS QUE VENDE O DINHEIRO VAI DESAPARECER E ASSIM O BRASIL FICA SEM FIRMA E SEM DINHEIRO E QUEM COMPRA FICA RICO

Deixe uma resposta