Lula admite que em mensagens atribuídas a Moro não têm nada comprometedor, diz aliado

A revista Veja informou que Lula, apesar de saber que não existe nenhum fato comprometedor nas mensagens atribuídas a Sergio Moro, Deltan Dallagnol e outros procuradores da Lava Jato, espera ser solto em breve pelo STF.

A informação, mais precisamente é de um aliado do petista, um amigo não identificado. “O presidente está bem, não cultiva nenhum tipo de esperança e também não acha que essas conversas do Moro são o ó do borogodó”, disse ele.

O petista, no entanto planeja voltar a São Bernardo do Campo. “Ali está muito cheio de memórias. Talvez ele queira recomeçar. Mas que vai para a cidade de São Bernardo, ele vai”.

Com informação da Veja.