Odebrecht entrega repasses de R$ 13 milhões para Zeca e José Dirceu

O Ministério Público Federal apresentou um relatório técnico no qual aponta que a Odebrecht repassou entre 2008 e 2012 cerca de R$ 13 milhões ao “Guerrilheiro” das planilhas de propina José Dirceu.

O documento, em 2018, foi juntado a investigação que apura a atuação do filho de José, Zeca, que é deputado federal pelo PT.  segundo O Antagonista, Zeca teria atuado no recebimento da propina com “o objetivo de neutralizar” o pai.

Relacionados:  Moro rebate os contrários a prisão em segunda instância: “Vamos retomar a impunidade como regra?”

O caso foi remetido por Edson Fachin para a Justiça Eleitoral, por haver indícios de Caixa 2.

Relacionados:  Paulo Eduardo Martins dispara: "O STF é praticamente uma milícia de toga"

Com informação dO Antagonista.