Moro notifica Globo por conteúdo impróprio em novela

O Ministério da Justiça, comandado por Sergio Moro, notificou a Rede Globo na segunda-feira (25).

O motivo foi a presença excessiva de conteúdos impróprios em “O Sétimo Guardião”, que é imprópria para menores de 12 anos. O título constantemente traz à tona cenas de sexo, prostituição, erotização, estupro, consumo de drogas e preconceito, o que para o Ministério da Justiça deve alterar a censura para 14 anos.

A Globo ainda pode recorrer da decisão. A primeira notificação ocorreu em 8 de fevereiro, mas segundo o Ministério, não adequou o conteúdo nem justificou.

Relacionados:  Globo defende convocação de homem transexual para seleção feminina

Com informações do UOL.