Moro obtém importante vitória no CNJ e esquerda sofre

Moro

O PDT de Ciro Gomes obteve uma importante derrota no CNJ.

O corregedor Humberto Martins mandou arquivar o pedido feito pelo partido, que alegou que as conversas obtidas de modo criminoso e divulgadas por um site esquerdista colocariam “dúvidas sobre a probidade da conduta do então julgador, em vista de comportamentos claramente incompatíveis com o papel constitucional do magistrado”.

Relacionados:  Jornalista detona Ciro: "Ia receber Sergio Moro à bala, ia impedir a prisão de Lula, ia abandonar a política e continua praguejando"

Martins decidiu que a exoneração de Moro, do cargo de juiz federal, para assumir o Ministério da Justiça, “tem disciplina diversa da aposentadoria voluntária” e que “a instauração de um procedimento administrativo-disciplinar contra o magistrado já exonerado não teria nenhuma utilidade”.

Relacionados:  Deltan manda recado: "Não vamos nos acuar diante desses ataques"

Com informação dO Antagonista.