Em movimento ousado, senadores querem colocar COAF novamente nas mãos de Moro

Alguns senadores estão fazendo de tudo para que o COAF volte a ser subordinado ao Ministério da Justiça. Um dos articuladores da mudança é o paranaense Alvaro Dias, que já apresentou um destaque à MP.

Outro senador e vice-líder do governo no senado, Izalci Lucas, afirmou que a medida tem maioria do Senado. “Acho que tem maioria nesse sentido. Vai ter que voltar para a Câmara, não tem jeito. E a Câmara terá de apressar muito para não perder o prazo [de validade da MP da reforma administrativa, que caduca em 3 de junho]. Assim como a gente está votando de um dia para o outro, eles [deputados] também poderão votar assim.”

outro vice-líder, Chico Rodrigues do DEM, defende que Dvi Alcolumbre, presidente do Senado, e Rodrigo Maia, presidente d Câmara, façam um acordo para evitar que a MP da reforma administrativa caduque. “Tenho certeza de que a Câmara terá responsabilidade [de não deixar a MP caducar], se votarmos para que o Coaf volte para o Ministério da Justiça. Se formos rápidos amanhã [quando a MP será votada no Senado], dará tempo. Rodrigo Maia é um democrata, tem uma maioria confortável na Câmara. O Davi deverá conversar com ele”

Além disso, o movimento Mude vai estar presente amanhã no Senado para levar mais de 200 mil assinaturas que pedem que o COAF continue sob o comando de Sergio Moro.

“O Coaf tem sido um parceiro importantíssimo para a Força Tarefa da Lava Jato. A sua ida para o Ministério da Justiça representou um fortalecimento do órgão que já vinha realizando um bom trabalho”, diz o texto.

As forças civis tentam a todo o custo impedir a mudança do COAF, no entanto esse movimento pode ser arriscado, pois não há tempo sobrando.

6 Comentários em Em movimento ousado, senadores querem colocar COAF novamente nas mãos de Moro

  1. sine qua non, após o histórico dia de ontem 26/05 , estão começado a surtir os efeitos desejados , pois o finórios vigaristas , digo parlamentares que não valem nada mas custam cari$$imo a nação, estão tremendo em suas pérfidas bases, mas , também, creio que há o ” dedão ” dos nossos patriotas da forças armadas munidos, constitucionalmente do democrático art 142 da CF 88, e como diz o ditado ” cachorro mordido de cobra tem medo de linguiça..

  2. Isso prova que estes senadores presam pelos interesses do povo, do Brasil e certamente o eleitores saberão em que confiar nas próximas eleições!

  3. Acho que esses senadores estão começando a acreditar que o brasileiro acordou mesmo e que somos nós que ditamos as normas, não ele. Se querem se manter no poder, terão que virar a casaca e começarem a pensar realmente no povo.

  4. Ainda é pouco pois são cargos que legislam em próprio favor mandatos de deputados e senadores tinha que ser de 2 anos apenas e nunca ser permitido o retorno dos mesmos tendo obrigação de contribuir com a previdência como todo brasileiro e se aposentar após o mesmo tempo de contribuição com salário teto de 5000,00 o aposentado vive com salário de 900,00 porque eles tem que quebrar a previdência e mais hoje não preciso duas casas para eles trabalharem pode ser feito tudo por vídeo conferência evitando diversas ajudas a estes vagabundos de gravata que prejudicam o crescimento do nosso país!

  5. Uma manifestação popular igual a de ontem 26 o povo poderia pedir a intervenção militar já e isso que essa cambada de vagabundos estão com medo.

  6. Como afirmou o presidente Bolsonaro:”Não importa que o COAF esteja nas mãos do Moro ou Paulo Guedes, tudo está dentro do governo, isso não impedirá que haja investigações.”

Deixe uma resposta