Janaína pede para Sergio Moro “virar a página”

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) deu sugestões ao ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, após o ex juiz da Lava Jato dizer que foi “usado” pelo governo Bolsonaro para “viabilizar o discurso anticorrupção”. Através do twitter, a parlamentar e jurista disse que “está cansada de ouvir lamúrias” e pediu para Moro “virar a página”.

“Eu não escondo de ninguém minha admiração por ele e a propensão de o apoiar em uma possível candidatura em 22. Mas já estou cansada de ouvir lamúrias. Alguém que queira governar o Brasil precisa ter a capacidade de virar a página!”, disse.

Em outro tweet, a jurista afirmou que a “ladainha de que foi usado” vai acabar afundando o ex-juiz da Lava Jato e disse que se vitimizar é uma estratégia de quem não tem proposta. Segundo ela, o país não precisa de uma vítima em 2022.

“Não sei quem o está aconselhando, não sei se alguém está aconselhando. Mas essa ladainha de que foi usado vai afundá-lo! Vitimização é coisa de quem não tem proposta. Não quero uma vítima como candidato em 22! Quero um protagonista! Moro já foi protagonista e pode voltará ser!”, defendeu.

Relacionados:  Janaína faz alerta à população sobre decisão do STF: “O momento é grave”

A entrevista citada por Janaina foi publicada no jornal britânico Financial Times. Na ocasição, Sergio Moro disse que o governo de Jair Bolsonaro usou sua presença na equipe ministerial como desculpa para demonstrar que medidas anticorrupção estariam sendo tomadas, o que, segundo ele, não estava sendo feito.

– Eles estavam usando minha presença como uma desculpa, então eu saí. A agenda anticorrupção tem sofrido reveses desde 2018 – declarou Moro à publicação.