“Objetivo é intimidar todos os demais apoiadores”, diz assessor de Bolsonaro, Filipe Martins

Filipe Martins

Filipe Martins criticou a decisão de Alexandre de Moraes de suspender contas em redes sociais, no âmbito do inquérito das fake news, destaca o site O Antagonista.

O assessor especial da Presidência da República para assuntos internacionais diz que a intenção do ministro do STF é “intimidar todos os demais apoiadores”.

“A suspensão das contas de apoiadores do presidente tem um objetivo simples: intimidar todos os demais apoiadores, enquanto acostuma o restante da população com a ideia sinistra de que certas autoridades possuem o poder e a legitimidade para calar e censurar quem os incomoda.”, disse.

A ordem de suspensão dos perfis tem dois meses. Mas foi cumprida só hoje porque o ministro Alexandre de Moraes disse ontem que, se as contas não fossem suspensas em 24 horas, Twitter e Facebook pagariam multa diária de R$ 20 mil cada.

Relacionados:  Rosangela Moro diz que vê o marido e Bolsonaro “como uma coisa só”

Os apoiadores do presidente que tiveram seus perfis suspensos hoje por ordem o Supremo continuam postando no Twitter. O bloqueio das contas, aparentemente, na rede social só vale para o Brasil.