FHC volta a pedir a renúncia de Bolsonaro: “Deixa o Mourão tomar conta.”

fhc

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que “Entre o Bolsonaro e o Mourão, me parece, o Brasil fica mais tranquilo com Mourão” e completou: “Deixa o Mourão tomar conta.”

FHC também afirmou que “o peso [do cargo] é muito grande para ele [Bolsonaro]” e que “O melhor seria que ele tomasse juízo”, FHC também emendou: “O Brasil precisa de um rumo. É melhor ter um caminho do que não ter nenhum. […] Eu acho que está faltando no Brasil um sentimento de responsabilidade de estadista.”

O ex-presidente também aproveitou a oportunidade para comentar a saída de Sergio Moro do Governo. “No caso do Moro, não me parece uma pessoa leviana. Agora ele terá que mostrar aquilo que disse”, argumentou.

Relacionados:  Bolsonaro é recebido e aclamado no Vale da Ribeira

Na semana passada Fernando Henrique Cardoso já havia defendendido explicitamente a renúncia de Jair Bolsonaro e disse que o presidente está “cavando sua fossa”.

“Poupe-nos de, além do coronavírus, termos um longo processo de impeachment. Que assuma logo o vice para voltarmos ao foco: a saúde e o emprego”, escreveu o ex-presidente nas redes sociais.