Mourão dispara: “O governo tem coragem de proteger e desenvolver a Amazônia”

O vice-presidente General Hamilton Mourão afirmou nesta terça-feira, 11, estar orgulhoso da missão de coordenar o Conselho Nacional da Amazônia Legal, que teve seu decreto de criação assinada pelo presidente Jair Bolsonaro hoje. “Estou orgulhoso de fazer parte de um governo que pública e institucionalmente tem a coragem de proteger, preservar e desenvolver a Amazônia brasileira”, afirmou o General segundo Portal Terra.

O General quer instituir “uma verdadeira política de Estado para a região”. Mourão destacou que a Amazônia corresponde a 60% do territorial nacional, que “ainda hoje é mal articulada e carente da presença do estado”. “Estamos falando de 25 milhões de brasileiros que vivem na Amazônia, muito deles desassistidos”, argumentou.

Conforme noticiamos, a criação do Conselho foi anunciada em 21 de janeiro pelo presidente Bolsonaro. O objetivo do colegiado é coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas para a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia. Além do conselho de Mourão, a novidade foi a criação da Força Nacional Ambiental, que também ficará sob o comando do Vice-Presidente.

Relacionados:  “STF precisa aprender a ouvir críticas”, diz General Mourão

Uma cifra de R$ 430 milhões recuperada pela Operação Lava Jato deverá financiar a atuação da nova tropa da Força Ambiental, que visa proteger a Amazônia brasileira.