O Alerta do General Villas Boas aos Ministros do STF

Brasília - O comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Boas, durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, do Senado (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Mais uma vez, O General Villas Boas faz um ‘alerta’ ao STF às vésperas de um importante julgamento. Desta vez, a Suprema Corte irá analisar em definitivo a prisão após condenação em 2ª instância. Caso a decisão seja acabar com a prisão após segunda instância, presidiários poderiam ser beneficiados.

Através das Redes Sociais, o General, o ex-comandante do Exército Brasileiro, afirmou que “é preciso manter a energia que nos move em direção à paz social, sob pena de que o povo brasileiro venha a cair outra vez no desalento e na eventual convulsão social”.

Em 2018, às vésperas do julgamento que poderia libertar Lula, então condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, o General, ainda comandando o Exército ressaltou que que repudiava a “impunidade”. Integrantes do Partido dos Trabalhadores na época afirmaram que o Exército estava ‘ameaçando’ o STF.