Villas Boas diz que “É hora do Brasil e dos brasileiros se posicionarem firmemente diante dessas ameaças”

Brasília - O comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Boas, durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, do Senado (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O general Eduardo Villas Boas teceu críticas ao posicionamento de líderes internacionais como Emmanuel Macron, que convocou uma reunião de emergência do G7 para debater a situação da Amazônia.

Com uma clareza dificilmente vista, estamos assistindo a mais um país europeu, dessa vez a França, por intermédio do seu presidente Macron, realizar ataques diretos à soberania brasileira, que inclui, objetivamente, ameaças de emprego do poder militar”, disse o general.

E continuou: “A questão ultrapassa os limites do aceitável na dinâmica das relações internacionais. É hora do Brasil e dos brasileiros se posicionarem firmemente diante dessas ameaças, pois é o nosso futuro, como nação, que está em jogo”.

Com informação do Terra.