MPF quer que pena de Lula seja aumentada em caso de sítio de Atibaia

A vida do petista Lula, preso em Curitiba desde abril de 2018, não está nada fácil.

Além de ter acumulado duas condenações, sua pena pode aumentar ainda mais.

O MPF do Rio Grande do Sul enviou um parecer ao TRF-4 pedindo que a pena seja revista e aumentada para o caso do sítio de Atibaia.

No caso, a Juíza Gabriela Hardt condenou o petista a 12 anos e 11 meses de prisão.

Relacionados:  Jornalista do O Globo noticiou morte de neto de Lula antes que familiares soubessem

Com informação dO Antagonista.