Protestos de esquerda “pela educação” perdem força

As movimentações da esquerda para tentar emplacar um grande número de pessoas nas ruas neste dia 30, perderam e muito o apelo popular.

Os protestos foram registrados em 82 cidades, menos da metade dos ocorridos na data anterior, dia 15.

Além disso, nas plataformas digitais, as menções aos atos perderam e muito a força. Para fins de comparação, no dia 15, foram registradas mais de 530 mil menções às manifestações. neste dia 30, apenas 154 mil.

Relacionados:  ONGs e 'movimentos sociais' preparam golpe contra Pacote Anticrime de Moro

Ainda nas plataformas digitais, a hashtag opositora “#Dia30EuVouTrabalhar” tomou os assuntos mais comentados do Twitter até as 16 horas. Os dados foram coletados pela Torabit e as informações são da Folha de São Paulo.