Após simular agressão, maria do Rosário pode ser acionada no Conselho de Ética

Deputados do PSL estão inclinados a representar contra Maria do Rosário, do PT, no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.

O motivo, como o Brasil inteiro sabe, foi o evento em que Rosário esbarrou propositalmente no deputado Éder Mauro – após esbarrar em outros deputados do PSL – e então o acusou de agressão. A grande questão, é que todo o ocorrido foi gravado nos celulares de parlamentares. Ou seja, existem provas concretas contra Maria do Rosário.

“Se não tivessem filmado, ela teria se feito de vítima, com certeza. Ela esbarrou em mim e depois ficou dizendo que eu a empurrei. Perguntei se ela era maluca. Graças a Deus, filmaram” disse Éder Mauro.

Relacionados:  Gleisi sai em defesa de Maduro novamente

Com informação do MBLNews.