Após simular agressão, maria do Rosário pode ser acionada no Conselho de Ética

Deputados do PSL estão inclinados a representar contra Maria do Rosário, do PT, no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.

O motivo, como o Brasil inteiro sabe, foi o evento em que Rosário esbarrou propositalmente no deputado Éder Mauro – após esbarrar em outros deputados do PSL – e então o acusou de agressão. A grande questão, é que todo o ocorrido foi gravado nos celulares de parlamentares. Ou seja, existem provas concretas contra Maria do Rosário.

Relacionados:  “O Bem vencerá o mal”, diz Bolsonaro sobre crise no PSL

“Se não tivessem filmado, ela teria se feito de vítima, com certeza. Ela esbarrou em mim e depois ficou dizendo que eu a empurrei. Perguntei se ela era maluca. Graças a Deus, filmaram” disse Éder Mauro.

Relacionados:  PT sofre mais uma derrota em pedido para STF investigar Moro

Com informação do MBLNews.