Por questões de segurança, Globo não enviará jornalistas cobrir jogos da Libertadores na Venezuela

O departamento de jornalismo esportivo da Rede Globo anunciou que não serão enviadas equipes para cobrir os jogos de times brasileiros na Venezuela. O motivo é o medo e a insegurança que o governo ditatorial de Nicolás Maduro impõe.

Atualmente, os times mineiros Atlético Mineiro e Cruzeiro estão escalados para enfrentar dois times venezuelanos.

A decisão no entanto, não deve fazer com que os jogos não sejam transmitidos, e a emissora usará imagens oficiais da Conmebol para realizar as transmissões.

Com informação do MBLNews.

6 Comentários em Por questões de segurança, Globo não enviará jornalistas cobrir jogos da Libertadores na Venezuela

  1. Vocês não são defensores da democracia de Maduro? Então estão com medo por quê?
    A Venezuela é um país tão bom que vocês também queriam que o Brasil se transformasse em uma.
    Mas se fosse pra mandar um jornalista para os Estados Unidos do ditador Trump, vocês mandariam na mesma hora, não é?
    Hipócritas!

  2. Ué a Rede Esgoto Terrorista não enviará seus terroristas para “DEMOCRACIA CELESTIAL DE MADURO” tão defendida por essa nefasta vomitadora de merda.

  3. Esses Comunistas ajudam a criar o caos e, quando acontece, eles são os primeiros a pular do barco iguais uns covardes! Bando de hipócritas desgraçados!

  4. Muito engraçadinho, hein rede Globo!!! A Venezuela não é tão democrática? Que isso, vão lá narrar o jogo do Cruzeiro!!! E Aproveitem porque talvez essa seja a última audiência que vocês ainda têm!

Deixe uma resposta