Bolsonaro rebate e dá uma dura em Rodrigo Maia: “Não farei como os presidentes anteriores ”

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) rebateu na tarde desta quarta-feira (27) as declarações infundadas e sem sentido do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmando que o governo ainda não começou e que Bolsonaro está “brincando de presidir” o país.

Maia aparentemente quer que Bolsonaro utilize as mesmas práticas de “governabilidade” que utilizaram Temer, Lula e Dilma.

O presidente da Câmara deve estar em desespero porque seu sogro foi preso na mesma operação que prendeu Michel Temer e continua implorando por “articulação política” no governo Bolsonaro, tudo leva a crer que esta seja uma palavra bonita para o famoso “toma lá, da cá”

“Não existe brincadeira da minha parte, muito pelo contrário. Lamento palavras nesse sentido e quero acreditar que ele não tenha falado isso”, disse Bolsonaro após um evento com o governador de São Paulo João Doria (PSDB) na União Brasileiro-Israelita do Bem Estar Social (Unibes), na capital paulista.

“Olha, se foi isso mesmo que ele [Rodrigo Maia] falou eu lamento”, disse Bolsonaro. “Não é palavra de uma pessoa que conduz uma casa. Brincar? Se alguém quiser que eu faça o que os presidentes anteriores fizeram eu não vou fazer. Já dei o recado aqui. A nossa forma de governar é respeitando todo mundo, e acima de tudo, além de respeitar os colegas políticos, respeitar o povo brasileiro que me colocou lá.”

Bolsonaro cansou das trapalhadas de Maia. Se Maia tem problemas com a justiça e com sua família atolada em ‘esquemas’. Isso não deve interferir na nação.