Neymar pai reforça apoio a Bolsonaro e posta vídeo de crianças do Instituto Neymar cantando Hino Nacional

Neymar da Silva Santos, mais conhecido por ser o pai do jogador Neymar Júnior, já divulgou diversas vezes seu apoio ao governo Bolsonaro.

Agora, após todas reclamações sem sentido da grande mídia sobre a medida que prevê a execução do Hino Nacional nas escolas brasileiras, Neymar pai voltou reafirmar seu apoio em relação às políticas do governo.

Ele postou em seu Instagram, um vídeo onde crianças que são atendidas socialmente pelo Instituto Neymar cantam o Hino Nacional.

Assista:

View this post on Instagram

@institutoneymarjr

A post shared by Neymar Pai (@neymarpai_) on

11 Comentários em Neymar pai reforça apoio a Bolsonaro e posta vídeo de crianças do Instituto Neymar cantando Hino Nacional

  1. esse cara é aquele que disse a reporter que estava com a mae da reporter em uma festa em moscou ,é um grande viado é que a reporter foi educada por que a minha mulher responderia para ele é ela esteve na festa contigo e me avisou que voce é viado … , patriotismo nao é so saber cantar o hino nacional é muito mais do que isto é nao concordar com injustiças nao concordar com violencia , e nao concordar com as interpretaçoes exclusivas de direitos a foros privilegiados , é praticar o bem é ser honesto , e ser ativo defensor dos direitos de qualquer um cidadão que careça de ser atendido no tg aprendemos a ser homem mas respeitamos uns aos outros , a atitude do sr neymar pai é de cafajeste e viado ao mesmo tempó disse

  2. Temos sim é de apoiar, que seja cantado o hino Nacional Brasileiro nas escolas;a educação é com os pais que tem e que sabe passar aos seus filhos! A maioria dos professores e pais que estão protestando, são comunistas e analfabetos! Podes crer, usam vizeiras, iguais os burros!
    Meu nome é Edésio,tenho 82 anos, bem vivido,criei os meus filhos na época da ditadura; e ha valorizo como uma das melhores épocas! Votei no Bolsonaro! Creio no nosso presidente,Só não veem as diferenças quem não quer; olha a postura de apresentação, e o seu currículo; façam a comparação!

Deixe uma resposta