Bolsonaro: “Peço a Deus para que Argentina não volte com políticos amigos de Dilma, Lula e Maduro”

O Presidente Jair Bolsonaro concedeu uma entrevista ao Clarín.

Nela, Jair foi bastante enfático ao demonstrar apoio ao presidente argentino Mauricio Macri, e afirmou pedir “a Deus para que a Argentina não volte com os políticos de antes, amigos de Dilma [Rousseff], Lula, [Hugo] Chávez, [Nicolás] Maduro e Fidel Castro”.

“Eu acredito que a Argentina tem tudo para decolar com a reeleição do Macri. Sei que não devemos interferir em outros países, mas se o grupo de Cristina Kirchner voltar, muito próximo de Lula, Dilma, etc., acredito que a Argentina terá problemas muito sérios e nós encorajamos para que isso não aconteça”.

Com informação dO Antagonista.