Aprovação do desempenho de Bolsonaro atinge maior marca desde 2013

Uma pesquisa da CNT/MDA resultou num dado bastante interessante sobre a aprovação do desempenho de Bolsonaro em seus dois primeiros meses de governo.

“Os resultados da 143ª pesquisa CNT/MDA mostram avaliação positiva do presidente Jair Bolsonaro, com 57,5% dos entrevistados aprovando seu desempenho pessoal, maior índice obtido por um presidente desde novembro de 2013. Há ainda a percepção de que seu governo está sendo melhor do que de seus antecessores, Michel Temer e Dilma Rousseff”, diz a pesquisa.

E continua “Na avaliação da CNT, Jair Bolsonaro inicia seu governo com elevados índices de aprovação, com uma grande expectativa da população em relação à solução dos diversos problemas do país”.

Informação dO Antagonista

11 Comentários em Aprovação do desempenho de Bolsonaro atinge maior marca desde 2013

  1. Sem ‘manipulação de dados’

    [Confira os resultados da :pesquisa

    http://www.cnt.org.br/imprensa/noticia/confira-resultados-pesquisa-cnt-mda%5D

    A 143ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 21 a 23 de fevereiro de 2019 e divulgada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) no dia 26 de fevereiro, mostra a avaliação dos índices de popularidade do governo e pessoal do presidente Jair Bolsonaro. Mede ainda a expectativa da população em relação ao emprego, à renda, à saúde, à educação e à segurança pública nesse início do novo mandato presidencial.

    A pesquisa traz também o que a população pensa sobre os principais desafios do governo, sobre posse de arma, pacote anticrime, combate à corrupção, novos ministérios, entre outros temas políticos.

    A avaliação positiva do governo de Jair Bolsonaro está em 38,9%, conforme pesquisa divulgada nesta terça-feira (26) pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). A avaliação negativa ficou em 19%.

    Na comparação com as pesquisas feitas em início de governo, quando os governantes costumam ter índices mais altos de aprovação, Bolsonaro tem resultado pior do que o registrado no início do primeiro governo Dilma (49%) e dos dois mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva (57% no primeiro e 50% no segundo).

    De acordo com a pesquisa CNT/MDA, a proporção de pessoas que considera a atual gestão ótima é de 11%. Outros 28% avaliaram o início de governo como bom.

    Ao serem questionados se Jair Bolsonaro reúne as condições para unificar os brasileiros, 40,5% responderam que sim, que a atuação dele vai contribuir para reduzir a separação política entre as pessoas. Já 21,6% afirmam que vai acirrar a separação política e 18,1% avaliam que não vai alterar.

    Sobre os principais desafios do governo atual:
    Saúde: 42,3%
    Segurança: 34,3%
    Educação: 31,6%
    Corrupção: 29,2%
    Emprego: 23,7%
    Economia: 14,3%
    Combate à pobreza: 13,3%
    Meio Ambiente: 1,5%
    Saneamento: 1,0%
    Energia: 0,9%
    Transporte: 0,8%

    Confira os resultados da :pesquisa

    http://www.cnt.org.br/imprensa/noticia/confira-resultados-pesquisa-cnt-mda

  2. Que o Senhor, nosso DEUS, continue no comando, no controle de tudo, salvando o nosso Brasil, estabelecendo o governo, capacitando e abençoando o nosso querido Presidente Jair Messias Bolsonaro, toda a sua família e todos os que fazem parte do governo, Brasil acima de tudo e DEUS acima de todos!

  3. ELE É O NOSSO MESSIAS, ENVIADO PARA SALVARMOS DO COMUNISMO IMPLANTADO PELOS PETRALHAS, E TEM A DURA MISSÃO DE TIRAR O BRASIL DO ATOLEIROS QUE ALÉM DE NOS AFUNDAR NA LAMA, NOS SURRUPIARAM GRANDES FORTUNAS DESVIADAS PARA PARAISOS FISCAIS E DOADOS PARA PAISES PARCEIROS COMUNISTAS.

  4. É preciso levar em conta que a sua atuação direta no governo foi bastante prejudicada pelo fato de estar com bolsa de colostomia, que só retirou recentemente. E ainda os ataques difamatórios do lado podre da imprensa tendenciosa e interesseira. Estes ainda continuam.

  5. Eu também apoio essa pesquisa e sou contra essa imprensa e esses comunistas das esquerdas festivas no Brasil. Esta na hora de faze-los calar de alguma forma, ate mesmo dando algumas pauladas neles para serem decentes e profissionais. PCOMS neles, esses vagabundos metidos a merda.

Deixe uma resposta