Juiz Bretas determina a transferência de R$80 milhões em contas de criminoso para investimentos imediatos em segurança pública

O excelente juiz federal Marcelo Bretas, responsável pelos julgamentos da Lava Jato Rio determinou que R$ 80 milhões oriundos de bens bloqueados com Jacob Barata sejam destinados ao Fundo Estadual de Investimentos e Ações de Segurança Pública.

“A decisão foi determinada pelo juiz Marcelo Bretas , da 7ª Vara Federal, e responsável pelos desdobramentos da Operação Lava Jato no Rio, atendendo a um requerimento da Procuradoria-Geral do Estado. A conclusão foi publicada nessa quarta” diz informação do O Globo.

“O fundo foi criado para ajudar a custear reaparelhamento e modernização de órgãos da Secretaria de Segurança, além de auxiliar a financiar programas da área, como o Segurança Presente, e de desenvolvimento social. Financiado por 5% dos royalties do pré sal, o fundo, porém, enfrentava problemas financeiros, na esteira da queda de arrecadação, o que fez com que crescesse ameaça de cortes de programas recentemente” explica a matéria.

O Antagonista também informou que Jacob Barata é um empresário que o ministro Gilmar Mendes mandou soltar três vezes. Gilmar, inclusive, é padrinho de casamento da filha de Barata.

Informações do O Globo e do O Antagonista.

4 Comentários em Juiz Bretas determina a transferência de R$80 milhões em contas de criminoso para investimentos imediatos em segurança pública

  1. Há pouco mais de dois meses atrás notícias assim não era rotina na vida do brasileiro. Estamos literalmente entrando numa espécie de New Age. Pena que também ela é uma mera Era; mais sim um tempo tenebroso que será macabra para os seres humanos em geral, que é a Nova Ordem Mundial. Quando os povos estiverem contato direto com esta realidade; neste tempo já estarão dominados, e tudo o que mal aconteceu no passado longínquo será apenas mero saudosismo, perto desta Era Final.

Deixe uma resposta