Moro dispara: “Que me perdoem os políticos, mas caixa dois é trapaça”

O ministro da Justiça, Sergio Moro, aproveitou o encontro com advogados em São Paulo e bateu firme contra as práticas comuns ilegais dos políticos.

“Que me perdoem os políticos, mas caixa dois é trapaça. Tudo bem, não é tão grave como a corrupção, que tem contrapartida, mas ainda assim tem que ser criminalizado” afirmou Moro.

Para Moro, ainda, a corrupção “mina a capacidade de investimento do Estado”.

Informação do Antagonista.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

4 Comentários em Moro dispara: “Que me perdoem os políticos, mas caixa dois é trapaça”

  1. Sim Senhor, CAIXA DOIS é CRIME, pelo menos sempre foi assim considerado pela Receita Federal do Brasil e como contabilista a 50 anos eu concordo, Não é só trapaça não, é sonegação de impostos e pode ser utilizado para “N” situações irregulares, tanto de uma empresa privada quanto de um órgão público e/ou pessoas físicas, sem que possam justificar legalmente.

  2. Perfeito ministro! O caixa dois alimenta os favorecimentos entre os políticos e os prestadores de serviço, dificulta ou encarece a fixação de tecnologia, pois quem paga “por fora” para ganhar obras, enxuga os seus custos para receber posteriormente através de contratos maquiados, mas que coloca a tecnologia e segurança em segundo plano. É bem assim!

Deixe uma resposta