Presidente do Senado é quem pauta impeachment de Ministros do STF

Após a tumultuada sessão no Senado ontem (1), ficou definido, conforme votação que a eleição para a Presidência da Casa, bem como da Mesa Diretora, seria aberta. A medida representava uma vitória para o povo brasileiro que não quer saber de Renan Calheiros assumindo a cadeira novamente.

Porém, o que o Brasil não esperava – na verdade, de certa forma esperava – era que o golpe viesse diretamente da Corte da vergonha.

Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, decidiu que a votação no Senado será fechada, beneficiando assim Renan Calheiros e o PT, que conseguindo comandar a cadeira de presidente da Casa, fará forte oposição ao governo e blindará os parlamentares da ação de Sergio Moro.

Para entender a motivação de Toffoli, é preciso explicar que quem pauta pedidos de impeachment de ministros do STF, é o presidente do Senado. Ou seja, nessa água podre, uma mão lava a outra.