Doria diz que “Vacina deveria ser obrigatória”

Doria China Vacina

O governador tucano São Paulo, João Doria, disse discordar do presidente Jair Bolsonaro sobre a não obrigatoriedade de aplicação no País das imunizações em desenvolvimento contra o novo coronavírus. Segundo Doria, “a vacina deveria ser obrigatória a todos os brasileiros”, defendeu.

Na segunda-feira, 31, a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) reproduziu em suas redes sociais a fala de Bolsonaro segundo a qual “ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina”. Entretanto, em fevereiro, o próprio presidente havia sancionado lei que autoriza a imunização compulsória como forma de enfrentar a pandemia da covid-19.

“As pessoas devem atender à decisão da obrigatoriedade de tomarem a vacina também por uma decisão própria”, afirmou o governador. “A vacina tem de ser uma decisão pessoal de cada um, mas uma obrigação e determinação do Estado para fornecer gratuitamente a vacina a todos os brasileiros”, completou o aspirante a presidenciável.

Relacionados:  Cientista descobridor do HIV afirma que COVID-19 foi criado em laboratório chinês

“Penso que a posição da Saúde deva ser aquela que prevaleça sobre decisões de ordem ideológica ou das que se afastem do dever de proteger a saúde e a vida”, afirmou Doria, que vem fechou acordo para produção da vacina chinesa no país.