PSOL aciona Justiça para suspender indicação de Weintraub ao Banco Mundial

psol

O PSOL recorreu à Justiça Federal para que suspenda a indicação de Abraham Weintraub ao Banco Mundial, assinada por Jair Bolsonaro e Paulo Guedes, destaca o site O Antagonista.

O partido do ‘Socialismo e Liberdade’ diz que houve desvio de finalidade e diz que a indicação não atende a interesses públicos, mas pessoais — é o mesmo argumento que Alexandre de Moraes usou para suspender a nomeação de Alexandre Ramagem na direção-geral da Polícia Federal.

O partido cita também as duas investigações de que é alvo no STF — por ter chamado os ministros de vagabundos e por suposto racismo contra chineses — e o uso de passaporte diplomático de ministros para entrar nos Estados Unidos.

Relacionados:  Guedes desmonta farsa da mídia repercutida por Maria do Rosário

“Abraham Weintraub não deve ser considerado apto a ocupar um dos mais altos cargos em um banco internacional multilateral, representando o país cujos valores e normas desrespeitou inúmeras vezes”, diz a ação popular.