Ator Mário Frias é nomeado para comando da Secretaria de Cultura: “Fechado com Bolsonaro!”

Frias

O presidente Jair Bolsonaro escolheu o ator Mário Frias para a Secretaria Especial da Cultura. O ator substituirá a atriz Regina Duarte no comando da cultura brasileira.

O ator se reuniu com Bolsonaro há um mês, no Palácio do Planalto. Segundo fontes ouvidas pela TV Globo, no encontro, o presidente fez o convite e Frias aceitou.

‘Fechado com Bolsonaro!’ foi a frase publicada pelo ator, agora Secretário, no dia da exoneração de Regina Duarte. Nas redes sociais, o ator ex-global é um defensor de Bolsonaro e compartilha publicações de políticos aliados do presidente.

Mário Frias despontou como galã no final dos anos 1990 em “Malhação”, na TV Globo. Antes, atuou no seriado “Caça-talentos”. Treze anos após seu último papel em “Malhação”, ele retornou em 2014 para mais uma temporada da novela.

Relacionados:  Bolsonaro estima que Família Marinho pode ter recebido R$ 1,75 bi do doleiro Dario Messer

Frias também atuou em algumas novelas na TV Globo, como “Senhora do Destino”, quando interpretou o deputado Thomas Jefferson, e “Verão 90”, no papel de Renê, marcando o último trabalho do ator em novelas.

Em 2007, participou da terceira edição do quadro “Dança no gelo” no “Domingão do Faustão”, ficando com o terceiro lugar na competição.

Frias também atuou em novelas nas TVs Bandeirantes, como “Floribella”, e Record, como “A Terra Prometida”. Ele ainda apresentou programas de viagens na TV, entre os quais “Tô de Férias”, no SBT, e a “A Melhor Viagem”, na RedeTV.

Relacionados:  FIAT irá investir R$16 bilhões e gerar 16.000 empregos no Brasil

Frias também teve um trabalho voltado para a música ao lado da banda Zona Zero, da qual era vocalista e compositor de algumas das canções.

Fonte: G1