PT lança manifesto “Impeachment Já”

Gleisi Dilma Lula

O Partido dos Trabalhadores adere de vez o movimento pelo Impeachment de Bolsonaro, em uma resolução do Diretório Nacional publicada no site do PT (intitulada “Fora, Bolsonaro e seu governo; impeachment já!”), o partido pede o fim do atual governo comandado por Bolsonaro.

“O PT não se furtou ao papel que se espera de um partido que defende o povo: empunhou a bandeira política do ‘Fora Bolsonaro e seu governo’ e se dispôs a apoiar todas as alternativas constitucionais para remover Bolsonaro, incluindo o impeachment, a ser construído com um amplo arco de forças políticas e sociais, apontando para a eleição de um novo governo pelo povo. Só assim o Brasil poderá concentrar suas energias no enfrentamento do coronavirus e seu impacto sobre a economia e a vida da população, que vem em primeiro lugar”, diz a nota oficial petista, segundo o site O Antagonista.

No dpcumento, o partido capitaneado por Lula e Dilma Rousseff afirma que “ser contra Bolsonaro é importante, mas é imprescindível mover-se para tirá-lo, e seu governo, do poder”. “Por isso, é fundamental apontar o caminho para o seu impedimento e/ou para a cassação da chapa que o elegeu, devolvendo ao povo o direito de decidir seu destino em um processo eleitoral limpo e democrático.”

Relacionados:  Ex-ministro do PT vira réu por fraudes de R$ 8 bi no BNDES

Segundo o comando petista, “a saída de Bolsonaro e seu governo da direção do país é condição primeira para se restabelecer a democracia”. “E a sua substituição pelo voto popular é o único caminho para assegurá-la. Qualquer saída sem a participação do povo ou sem a centralidade de seus direitos não resgatará o caminho democrático de desenvolvimento social e soberano que começamos a construir. É neste sentido que o Partido dos Trabalhadores conclama todas as forças populares e democráticas a cerrar fileiras.”

O PT encerra o manifesto prometendo trabalhar “para fortalecer um polo democrático e popular no grande movimento nacional contra o fascismo e contra o governo de extrema-direita”. “Fora Bolsonaro e seu governo! Impeachment já e novas eleições!”, finaliza.