Deltan Dallagnol processa o ator José de Abreu

O procurador e coordenador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol acionou o ator e militante de esquerda José de Abreu por “constantemente ofender a honra e dignidade” nas redes sociais.

A ação de Dallagnol reivindica uma indenização de R$ 41,8 mil.

Segundo o site O Antagonista, na peça encaminhada à justiça, o procurador afirma:

“Ao chamar o Autor de bandido, canalha, bandido sem caráter, vagabundo, verme, bandido da pior espécie, rato, idiota, imbecil, além ainda de associá-lo como membro de um orgcrim (organização criminosa) e dizer canalha, vai para a cadeia, é evidente que o réu (José de Abreu) não exerceu qualquer direito de expressão ou de crítica, mas partiu para deliberado ataque à honra e dignidade do autor, provando ser pessoa que não convive com opiniões diversas, que desrespeita a vida alheia e debocha dos estatutos legais e institucionais do Brasil.”

Relacionados:  Vídeo: Deltan Dallagnol denuncia golpe do STF para anular investigações da Lava Jato

O Ator José de Abreu disparou recentemente ofensas a diversas autoridades e personalidades brasileiras, entre elas Regina Duarte.

Envolvido em uma série de polêmicas, o artista e militante político anunciou recentemente que estaria de mudança para a Nova Zelândia.