Ministério da Justiça irá leiloar 150 imóveis de traficantes

Moro

Ao longo deste ano, o Ministério da Justiça, sob o comando do ex-Juiz Sergio Moro, irá leiloar 150 propriedades que pertenciam a traficantes. As propriedades foram tomadas de seus donos após decisões judiciais.

Os bens de Luiz Carlos da Rocha, o Cabeça Branca, considerado o maior traficante de drogas do Brasil, integram a lista de imóveis a serem anunciado nos leiões. São dele duas fazendas, avaliadas em R$ 10 milhões, no Mato Grosso, e dois apartamentos de luxo situados em Santa Catarina. As informações foram divulgadas pelo colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim.

Relacionados:  “Bolsonaro respeita a autonomia da PF”, afirma Sergio Moro

Fernandinho Beira-Mar também terá bens leiloados. Quatro apartamentos dele, dos quais três ficam na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro, e um em Guarapari, Espírito Santo, serão vendidos.

O Objetivo do Ministro Sergio Moro é sufocar o tráfico de drogas confiscando seus bens.