Lula diz que seu filho é vítima de uma perseguição

Após a Polícia Federal ter pedido a prisão temporária do filho do ex-presidente Lula Fábio Luis Lula da Silva, o Lulinha – e a Justiça ter negado a solicitação, o líder do Partido dos Trabalhadores usou a sua conta no Twitter para se pronunciar sobre o caso.

Lula, que é condenado por corrupção e lavagem de dinheiro atacou a Operação Lava Jato alegando ser perseguido pela força-tarefa juntamento com seus filhos.

“O espetáculo produzido hoje pela Força Tarefa da Lava Jato é mais uma demonstração da pirotecnia de procuradores viciados em holofotes que, sem responsabilidade, recorrem a malabarismos no esforço de me atingir, perseguindo, ilegalmente, meus filhos e minha família.”, escreveu o ex-presidente.