Lula acredita que Bolsonaro mentiu ter coronavírus para divulgar cloroquina

lula PT

O ex-presidente Lula, condenado por corrupção, afirmou suspeitar que o presidente Jair Bolsonaro “inventou” ter coronavírus para fazer propaganda sobre a cloroquina.

“Acho que Bolsonaro inventou que estava contaminado para poder fazer propaganda do remédio”, disse o ex-presidente em uma coletiva de imprensa virtual para a imprensa internacional.

“Não sei se ele é sócio, mas se comporta como se fosse dono da fábrica que faz o remédio”, acrescentou, segundo a Revista Istoé!

Lula considera a gestão de Bolsonaro durante a pandemia como sendo “irresponsável”.

“Por isso estamos vivendo hoje uma situação gravíssima e não vejo uma saída a curto prazo”, disse.

Bolsonaro, de 65 anos, anunciou em 7 de julho ter sido diagnosticado com a COVID-19, e desde então cumpria sua agenda a partir da residência oficial em Brasília, até que no dia 25 afirmou ter testado negativo para a doença, após tratamento com Cloroquina.

Relacionados:  Lula: "Ou Bolsonaro renuncia, ou fazem o impeachment dele!"

Durante esse período, ele fez várias aparições públicas nas quais mostrou uma caixa de hidroxicloroquina, um medicamento cuja eficácia contra o coronavírus não é cientificamente comprovada.

Nesta quinta-feira, a Presidência anunciou que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também testou positivo para o novo coronavírus.