Bolsonaro sanciona lei que limita gastos nas campanhas de 2020

Diz O Antagonista:

Em edição extra do Diário Oficial da União, Jair Bolsonaro sancionou a lei que estabelece teto de gastos para as campanhas eleitorais de 2020.

O limite de candidatos a prefeito e vereador será equivalente ao teto para os respectivos cargos nas eleições de 2016, atualizado pela inflação.

Relacionados:  Ator Mario Frias rasga elogios a Bolsonaro: “Melhor presidente da história deste país”

No segundo turno, o limite de gastos de cada candidato será de 40% do teto de gastos.

O candidato poderá investir recurso próprio na campanha até o total de 10% do limite previsto pela lei.