Ysani critica atuação de ONG’s na Amazônia: “Estão ali para persuadir os indígenas”

A indígena Ysani, que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro durante o discurso na abertura da 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), deu entrevista ao site Metrópoles e aproveitou para criticar a atuação das Organizações Não-Governamentais (ONGs).

Confira alguns posicionamentos de Ysani sobre o assunto:

“O que acontece? Muitas ONGs influenciam os povos indígenas do Brasil. ONGs e partidos de esquerda. Devido a isso, muitas vezes lideranças que vêm para Brasília são bancadas pelas ONGs e por partidos de esquerda. Tudo que eles falam os índios acabam replicando aquilo que foi falado. No meu ponto de vista, eles só repetem aquilo que os líderes falam.”

“Vou te dar um exemplo aqui. O instituto socioambiental do Xingu. O que essa ONG vem fazendo? Recentemente, tiveram umas queimadas na minha aldeia, porque meu avô fez umas queimadas ali. A gente acionou equipes de todos os lugares, ONGs. Ninguém apareceu.”

“Quando o índio realmente precisa da ajuda deles (das ONGs), eles simplesmente viram as costas. Na minha visão, é um bando de filho da puta. Desculpe o termo, mas é com esse termo que eu me dirijo a eles.”

“Eles só estão ali para persuadir os indígenas, para influenciar, para os índios aderirem à ideologia deles. Eu não vou me vincular com eles, por isso eles me odeiam. Por isso tem ONG que vive me ameaçando. Os índios também são bancados por essas ONGs e eu não estou nem aí.”