Alemanha, Reino Unido e Espanha discordam de bloqueio ao acordo Mercosul-UE proposto por Macron

Alemanha, Reino Unido e Espanha se opuseram ao posicionamento do presidente francês Emmanuel Macron, que propôs sanções ao acordo Mercosul-UE em razão das queimadas na Amazônia.

“Para a Espanha o objetivo de luta contra a mudança climática é um objetivo prioritário, mas consideramos que é justamente aplicando as cláusulas ambientais do Acordo que mais se pode avançar, e não propondo um bloqueio de sua ratificação que isole os países do Mercosul”, declarou o governo espanhol, de acordo com a agência AFP.

“A Espanha liderou o último impulso para a assinatura do Acordo UE-Mercosul, que vai abrir enormes oportunidades para ambos os blocos regionais”.

Com informação dO Antagonista.