Justiça manda Twitter apagar postagens do Intercept que incitavam ataques contra Dória

Duas postagens feitas pelo The Intercept e que incitavam ataques contra o governador de São Paulo, João Dória, terão de ser retiradas do Twitter e do GoDaddy.

A decisão coube ao juiz Fernando José Cúnico.

“Veja qual o modo seguro para criticar João Doria na internet”, dizia a postagem datada de 2017 que trazia uma matéria intitulada de “Como criar uma conta anônima no Twitter para driblar autoridades”.

Relacionados:  Ministério Público Federal: "Mensagens têm sido editadas para embasar falsas acusações"

O texto foi assinado pelo engenheiro de TI Micah Lee, membro do Intercept dos EUA, e é uma espécie de “manual do guerrilheiro digital”.