Adélio queria se candidatar a deputado federal em partido de esquerda

Bolsonaro

O juiz Bruno Savino registrou na sentença de Adélio Bispo, que o ex-PSOL tinha um plano político.

“O réu mencionou, inclusive, sua pretensão de ser candidato ao cargo de Deputado Federal por partido de ideologia contrária à da vítima”, afirmou o juiz.

Relacionados:  Bolsonaro determina a revisão de contratos de "patrocínio cultural" da Petrobras

Além disso, em informações coletadas do notebook de Adélio, haviam contatos de pessoas, partidos e organizações de esquerda.

Com informação dO Antagonista.