‘Paraíso socialista’, Cuba cancela desfile contra a homofobia

O governo cubano anunciou o cancelamento de um desfile que teria como objetivo mostrar um sinal de progresso no direito dos gays.

Mariela Castro, filha de Raul Castro, diretora do Centro Estatal de Educação Sexual, afirmou que a “Conga Contra a Homofobia” foi cancelada por ordem do Ministério da Saúde.

O motivo alegado para o cancelamento seriam as “novas tensões no contexto internacional e regional que afetam direta e indiretamente nosso país e têm impactos tangíveis e intangíveis no desenvolvimento normal de nosso cotidiano e na implementação das políticas do Estado cubano”.