EUA fecham o cerco contra Cuba por apoio à Venezuela

O governo dos Estados Unidos subiu o tom contra a ditadura cubana de Raúl Castro. Os cidadãos americanos poderão processar nos tribunais americanos todas as empresas e instituições cubanas que façam uso de propriedades confiscadas no início do regime comunista cubano.

A medida visa apertar ainda mais o cerco contra o apoio cubano na ditadura venezuelana.

São diversas as denuncias de milícias cubanas infiltradas no poder venezuelano, atuando com repressão e na inteligência do regime ditatorial. Em troca, Maduro enviou milhões de petrodólares ao regime castrista.

Relacionados:  Para derrubar Maduro, Guaidó convoca a maior marcha da história da Venezuela

Informações do MBLNews