Bolsonaro fecha escritórios da APEX em Cuba e Angola

Em informação da deputada e jornalista Joice Hasselmann, o presidente Bolsonaro mandou fechar escritórios da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos em Cuba e Angola.

Disse a deputada: “Há dois que a APEX não atua em Angola, apesar de manter escritório no país. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, fundada em 2003, está, hoje, sob o guarda-chuva do Ministério das Relações Exteriores e tem como missão promover as exportações dos PRODUTOS e SERVIÇOS do Brasil, além de contribuir para a INTERNACIONALIZAÇÃO das empresas brasileiras e ATRAIR INVESTIMENTOS ESTRANGEIROS.”

Qual era o interesse dos governos petistas em manter negócios com Cuba? A gente já sabe.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

1 Comentário em Bolsonaro fecha escritórios da APEX em Cuba e Angola

Deixe uma resposta